Resenha: Querubins – A Balança do Coração, de Martha Ricas

Título: Querubins – A Balança do Coração
Autora: Martha Ricas
Editora: Coerência
Ano: 2016
Páginas: 267
Nota:  

Sinopse: O solo italiano sempre foi marcado pela violência de seus
moradores, seja por suas batalhas ou paixões.
A doce querubim Ashira é enviada à bela cidade de Florença,
no coração da Itália renascentista. O lugar exala arte, beleza e romance,
contudo são nos segredos mais profundos dos corações de seus moradores que ela
deve adentrar, sendo enviada para a casa de seus governantes implacáveis, os
Médici.
Dentre os humanos que se colocam em seu caminho, estão Lucca
Amato, um jovem pintor que acaba se encantando por ela, e a donzela Graziella
di Médici, a herdeira temperamental para quem trabalha disfarçada de dama de
companhia.
Uma traição coloca seus destinos em risco e uma guerra entre
coração, razão e egos sacode as muralhas da cidade das artes.
Cenários estonteantes, intrigas familiares e batalhas
sangrentas marcaram Florença e impactarão o leitor nesta nova inserção
querubim.

Ashira, uma Querubim de coração doce e muito bondosa, é
designada para uma missão na Terra: ela deve encontrar em Florença, na Itália,
um jovem atalaia (alguém capaz de ver o mundo celeste e as criaturas do
submundo) e assim evitar uma grande guerra que está cada vez mais próxima.

Ao se colocar entre os humanos, Ashira se passa pela nova dama de companhia da Princesa Graziella di Médici, uma garota difícil de lidar
e herdeira do clã Médici, uma poderosa família. Em sua incursão, Ashira acaba
conhecendo Lucca, um jovem artista que se encanta por ela e tem a Querubim como
inspiração para suas pinturas.

Uma traição envolvendo os Médici fará com que caminhos se
cruzem e uma batalha seja travada. Ashira precisa então encontrar o equilíbrio entre
o coração e a razão, provando – mais para si mesma do que para qualquer outra
pessoa – que consegue ser uma Querubim guerreira e que não falhará na sua missão.
O livro possui alguns mistérios – e uma boa reviravolta na
metade do livro – além de cenas de muita ação que deixam o leitor ávido por mais. A ambientação do livro é muito boa! Todo o contexto histórico foi muito bem pesquisado. A autora consegue fazer com que o leitor se sinta em plena Florença. Além disso, Martha descreve as batalhas e cenários com perfeição e de forma que
não cansa o leitor.

Os personagens foram muito bem construídos e são bastante
cativantes. Ashira é uma querubim doce e com grande apreço pelos humanos. Lucca é
um aprendiz de pintor com o coração gigantesco, capaz de esconder sua dor para
cuidar da dor do próximo. Apenas uma personagem não me “desceu”, que foi
Graziella. Ela começa o livro sendo uma menina bastante egoísta e mimada, mas
vai melhorando no decorrer da narrativa. Porém, não foi o suficiente para me fazer gostar dela, rs.

Temos também a aparição da Querubim Chaya, do primeiro livro Querubins – A Sentença da Espada, que ainda é minha personagem favorita. Ashira é ótima, mas gosto mais
de personagens femininas com temperamento mais forte, assim como Chaya. As cenas em que apareciam as duas e o Querubim Salatiel foram o ápice do livro!

A narrativa possui um bom ritmo, não é cansativa e possui
alguns termos em italiano, onde a explicação se encontra na nota de rodapé. Os
capítulos, em sua maioria, são curtos, o que contribui para que o leitor continue imerso na leitura.

A edição da Editora Coerência está maravilhosa! O livro é
cheio de detalhes, possui algumas ilustrações em começos de capítulos, a fonte
é grande – e maravilhosa para ler! – e encontrei apenas um errinho durante a
leitura, nada que incomodasse de fato. Fora essa capa que é maravilhosa, né?! 

Agradeço mais uma vez à Martha Ricas pela oportunidade de
conhecer mais uma (ótima) obra dela! Estou ansiosa pelo próximo livro!

Querubins – A Balança do Coração é um livro com bastante ação, aventura, anjos e cenários incríveis! Super indico!


12 comentários sobre “Resenha: Querubins – A Balança do Coração, de Martha Ricas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *